TIPOS DE CHOQUE

tiposdechoque
E aí, nurses!? Bora falar de choque!?

Trouxe um esqueminha pra ninguém confundir os tipos de choque na hora de atender um paciente ou na hora de responder uma questão, até porque esse assunto não cai, ele despenca nas provas de concursos é residência, viu!?

Lembrando que CHOQUE é qualquer disfunção circulatória que resulta em baixa perfusão e oxigenação insatisfatória dos tecidos que levam a falência dos mecanismos de homeostase e consequente lesão irreversível das células — morte celular. 🧠🧟‍♂️🔚⚰️

Se liga, que não tem N A D A a ver com eletricidade, tá!? N-A-D-A 🚫⚡️‼️

 

 

TIPOS DE CHOQUE

 

⬇️HIPOVOLÊMICO: quando há perda de volume intravascular. Hemorragias — internas ou externas. Perda de sangue = baixo débito cardíaco = Hipoperfusão

 

💔CARDIOGÊNICO: quando a falha da bomba cardíacas. Decorrente de lesões do miocárdio após infartos, por exemplo. Ventrículo esquerdo não contrai efetivamente = baixo volume sistólico = baixo débito cardíaco = Hipoperfusão

 

💓🚧OBSTRUTIVO: quando há obstrução mecânica fluxo sanguíneo. Pode ocorre na Embolia Pulmonar, no Tamponamento Cardíaco ou no Pneumotórax hipertensivo. Nestas três situações ocorrem eventos hemodinâmicos distintos que resultam em diminuição do débito cardíaco = Hipoperfusão

 

D I S T R I B U T I V O: ocorre a má distribuição do fluxo  de sangue oxigenado entre os tecidos devido à diminuição da resistência vascular e diminuição do tônus vascular. Resumindo, o sangue se espalha de qualquer jeito pelo corpo sem considerar que cada órgão tem uma demanda diferente, ou seja, quem precisa mais pode acabar recebendo bem menos do que precisa para manter suas funções fisiológicas…!Este evento ocorre a partir de três etiologias:

  • 🦠🧫SÉPTICO: há um resposta inflamatória sistêmica devido a uma infeção sistêmica, ocorre vasodilatação generalizada.
  • 🧠💗NEUROGÊNICO: há desequilíbrio do sistema nervoso autônomo (falha nos feedbacks entre o sistema simpático e parassimpático).
  • 🌸🦐🐝🤧ANAFILÁTICO: uma reação alérgica exacerbada que leva a liberação sistêmica de mediadores inflamatórios, ocorre vasodilatação generalizada.

 

E aí, o que achou desse post!? Comenta aí e compartilha ele com seus colegas!

Tamo junto e um abraço do ProFê!

Siga-me:
Facebook
Facebook
Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *